O inchaço é um dos maiores incômodos do nosso dia a dia, não é mesmo? Aquele peso no abdômen, as roupas que ficam apertadas, a vontade perdida de ir para uma praia ou a piscina.

Aquela barriguinha indesejada que também tira o humor e a disposição, tal como os problemas intestinais. Mas você já pensou na relação entre o inchaço e o (mau) funcionamento do intestino?

Intestino: o órgão mais sensível do nosso corpo

E o intestino é, sem dúvida, um órgão sensível a todos os tipos de mudanças e imprevistos, tanto alimentares quanto físicos e emocionais.

A alimentação com excesso de gorduras e poucas fibras, pouco consumo de água, falta de exercícios físicos e muito estresse, ansiedade e problemas emocionais de todo tipo atingem diretamente o intestino, principalmente de nós, mulheres.

E os impactos são grandes e podem ser duradouros se não tomarmos atitudes para mudar o estilo de vida, a forma de cuidar da saúde. E não é raro que esses problemas, depois de muito tempo, se transformem em doenças sérias.

Ir ao banheiro regularmente diminui o inchaço na barriga?

Com certeza, sim!

Quando vamos ao banheiro por 3 vezes por semana ou menos, podemos considerar que estamos com prisão de ventre – causada pelos fatores alimentares, físicos e emocionais que falamos anteriormente.

O intestino preguiço é ocasionado principalmente pela alimentação pobre em fibras e água, que são dois componentes importantes para que as fezes sejam mais facilmente eliminadas pelo organismo.

Como nós continuamos nos alimentando, o trânsito intestinal vai ficando cada vez pior e gerando um volume que pode ser visível – a barriguinha inchada – e mais importante que isso, vai gerar dores muito fortes, perda de ânimo para tudo por causa do peso do intestino e das dores, e pode ocasionar doenças.

Além do volume e das dores, também existem os gases para distender mais o abdômen e aumentar o inchaço.

E como podemos reduzir o inchaço provocado pelo intestino?

Cuidados com a alimentação

Tudo que diz respeito à nossa saúde passa sempre e primeiro pela alimentação. É importante mudar o estilo do que comemos, consumindo mais verduras escuras, frutas, legumes, cereais e farinhas integrais, muita água, carnes magras, ovos e queijos brancos.

Por outro lado, os embutidos, frituras, refrigerantes, farinhas e açucares refinados e alimentos industrializados são os grandes inimigos do funcionamento intestinal, provocando doenças graves, prisão de ventre, gases e inchaço.

Praticar exercícios

Os exercícios são excelentes para trabalhar toda a musculatura local, gerando movimentos que favorecem o funcionamento de todo o sistema local, especialmente a liberação de gases.

As caminhadas e corridas são os exercícios mais eficientes.

Crie uma rotina para ir ao banheiro

É comum as pessoas irem ao banheiro quando têm vontade ou quando podem (o que é muito prejudicial à saúde). Mas procure criar um hábito, todo dia em determinado horário e que não seja sujeito a interrupções.

O intestino precisa de rotina. O seu costuma funcionar mais de manhã cedo? Reserve um tempo e vá sem pressa. O reloginho intestinal começará a funcionar aos poucos

Além dessas dicas importantes, aliadas a suplementos naturais como o Seca Barriga, podem livrar você do inchaço na barriga.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *